Dicas e Ajuda / Dicionário

Dicionário de Tricô e Croché

Comece por indicar uma palavra ou uma abreviatura na caixa abaixo para encontrar a definição, os sinónimos, etc.

Ou ver abaixo a lista completa das palavras deste dicionário.

1

1 barra = 2 carreiras em ponto jarreteira: 2 carreiras jarreteira tricotadas em idas e voltas em agulhas direitas formam 1 barra jarreteira. E 1 carreira meia + 1 carreira liga quando se tricota em redondo na agulha circular formam igualmente 1 barra jarreteira.
+ ver mais

⬆ para cima

2

2 malhas meia, 2 malhas liga: Um canelado é formado por tricotar alternadamente malhas meia e malhas liga.
+ ver mais

2 malhas tricotadas juntamente em liga: Pode-se fazer diminuir uma malha ao tricotar 2 malhas juntamente em liga.
+ ver mais

⬆ para cima

A

a cada 2: A cada 2.ª malha/carreira.
+ ver mais

agulha circular: Uma agulha circular é um cabo com duas pontas nas extremidades. É usada para se tricotar em redondo, mas também se pode usar para tricotar em idas e voltas.
+ ver mais

agulha de croché: A agulha de croché é uma agulha com um gancho na ponta e pode criar diferentes pontos de croché com uma agulha de croché.
+ ver mais

agulha de torcidos: As agulhas de torcidos foram concebidas para manter as malhas fora da peça enquanto muda outras malhas de posição.
+ ver mais

agulha direita: A agulha que seguramos na mão direita.
+ ver mais

agulhas de pontas duplas: As agulhas de pontas duplas vêm em conjuntos de 5 agulhas curtas com duas pontas. São usadas para tricotar peças pequenas em redondo, tais como meias, mitenes e mangas.
+ ver mais

agulhas de tricô: Precisa de um minímo de 2 agulhas quando tricota e pode usar agulhas direitas, aulhas de pontas duplas ou circulares (as agulhas circulares são compostas por um cabo com 2 pontas de agulhas em cada extremidade).
+ ver mais

alça (da malha): Uma malha tem 2 alças, uma à frente e outra, atrás: A alça da frente é aquela que está mais perto de si. A alça de trás é aquela que está mais longe de si.
+ ver mais

alça da frente da malha ou do ponto: Quando se tricota ou crocheta na alça da frente de uma malha ou de um ponto, trabalha-se a alça mais perto de nós, independentemente de estarmos a trabalhar pelo direito ou pelo avesso.
+ ver mais

alça de trás (da malha ou do ponto): Quando se tricota ou crocheta na alça de trás, está a trabalhar-se na alça mais afastada de nós (o que significa que não depende do lado do direito ou do avesso da peça). Como técnica de tricô, é também chamada malha meia torcida ou malha liga torcida.
+ ver mais

alfinete de malhas: O alfinete de malhas é um grande alfinete-de-ama que é usado quando se coloca em espera um grande número de malhas. São então colocadas num alfinete (ou num fio) até serem novamente tricotadas.
+ ver mais

alpaca (fibra): A alpaca é uma fibra natural que se tosquia de uma alpaca, e é semelhante em estrutura à lã de uma ovelha. A sua suavidade deriva de do pequeno diâmetro da fibra, similar ao merino. É uma fibra natural muito suave, durável e luxuosa de toque parecido com o da seda. Os fios feitos das fibras da alpaca não feltram nem ganham borboto facilmente, e podem ser finos ou grossos em grossura, dependendo da forma como foram fiados.
+ ver mais

alternadamente: Pode, por exemplo, aumentar/diminuir alternadamente (a cada 2 carreiras) à direita e à esquerda de um marcador ou alternadamente a cada 3.ª e cada 4.ª carreira.
+ ver mais

aro: Um aro é composto pot vários pontos corrente e feito numa carreira para criar uma corrente que pode ser usado para chegar ao ponto seguinte
+ ver mais

arredondado da manga: O arredondado da manga é o topo da manga com uma forma específica para se encaixar no ombro.
+ ver mais

arrematar: Quando uma peça está acabada arremata-se as malhas para que as malhas não se desfaçam.
+ ver mais

assimétrico: Uma peça assimétrica não tem uma forma simétrica. Pode ser, por exemplo, um pulôver, em que os dois lados têm comprimentos ou alturas diferentes.
+ ver mais

aumento: Quando se faz um aumento, criam-se novas malhas para que haja mais malhas na agulha. Há várias técnicas diferentes para se fazer um aumento.
+ ver mais

avesso: O lado de dentro de uma peça e que não se vê por fora.
+ ver mais

⬆ para cima

B

bolso: Um bolso pode ser feito de muitas maneiras diferentes: pode ser feito a partir da peça ou pode ser costurado ao direito da peça ou até se pode fazer um bolso falso.
+ ver mais

borboto: Um grupo de malhas ou de pontos com a forma de uma bola.
+ ver mais

borlas: As borlas são fios soltos que depois são unidos e montados como um elemento decorativo para, por exemplo, um cachecol.
+ ver mais

⬆ para cima

C

calcanhar: As malhas tricotadas para o calcanhar de uma meia têm várias técnicas de diminuição para dar forma ao calcanhar.
+ ver mais

canelado: O canelado consiste em malhas liga e meia tricotadas alternadamente (1 malha meia, 1 malha liga ou 2 malhas meia, 2 malhas liga). Um canelado é muito mais elástico do que, por exemplo, malhas em ponto meia e, por conseguinte, é frequentemente usado para rebordos no fundo de pulôveres ou casacos, para os punhos das mangas ou para as virolas dos gorros.
+ ver mais

canelado inglês: O canelado inglês é uma técnica de tricô em que se trabalha com malhas "duplas" para formar um ponto de canelado espesso e elástico.
+ ver mais

carreira: Uma carreira é tricotada em idas e voltas na agulha, As carreiras ímpares tricotam-se pelo direito e as carreiras pares pelo avesso. Uma volta é uma carreira tricotada em redondo (usango agulhas circulares ou de pontas duplas) e tricota-se sempre do mesmo lado (geralmente, do direito da peça).
+ ver mais

carreira precedente: A carreira antes desta carreira.
+ ver mais

carreiras encurtadas: As carreiras encurtadas ajudam a dar forma a uma peça e fazem-se, virando e tricotando a carreira de volta sem se ter tricotado todas as malhas da carreira. Quando se tricotam carreiras encurtadas, a peça fica mais larga no lado onde se tricotam mais carreiras.
+ ver mais

casas: As casas normalmente fazem-se na orla direita de um casaco de senhora e na orla esquerda de um casaco de um homem.
+ ver mais

cava: A cava é formada como um buraco no qual a parte de cima da manga deverá caber e, depois, ser costurada.
+ ver mais

centrar um ponto fantasia: Por vezes, é importante centrar ou alinhar um ponto fantasia para o resultado final ser perfeito, tal como, por exemplo, certificar-se de que a malha central do ponto fantasia corresponde à malha centtal de uma manga.
+ ver mais

chainette: Os fios chainette têm uma construção única, na qual o fio é construído como uma corrente com o meio oco. Esta particularidade dá às peças tricotadas com estes fios uma fantástica elasticidade e um efeito semelhante ao peluche. Os fios chainette yambém proporcionam uma excelente definição de pontos, fazendo com que os torcidos e as tranças sobressaiam.
+ ver mais

comprimento: Uma peça pode ser medida em comprimento, o que muitas vezes quer dizer que se mede a peça a partir de cima para baixo.
+ ver mais

corpo: Designação da frente e das costas.
+ ver mais

cortar o fio: Quando se corta o fio e se passa esse fio pela última malha para que o trabalho não se desfaça.
+ ver mais

costas: As costas é a parte de trás de uma peça que tapa as costas do corpo. Quando se faz um pulôver, é a parte da peça que tapa as costas.
+ ver mais

costuras dos ombros: As costuras dos ombtos são aquelas em que os dois ombros da frente e das costas são unidos com uma costura.
+ ver mais

⬆ para cima

D

deslizar 1 malha em meia: Enfiar a agulha direita na malha como se fosse para a tricotar, mas, em vez de a tricotar, passá-la para a agulha direita.
+ ver mais

diagrama: Os diagramas são uma representação visual do ponto que vai tranalhar e de como ele irá ficar. É constituído por símbolos ou por uma grelha de símbolos que, geralmente, se repetem.
+ ver mais

diminuição: Quando se fazem diminuições fica-se com menos malhas. Pode-se diminuir usando diferentes técnicas.
+ ver mais

direito da peça: O lado que fica para fora e que se vê quando se usa a peça.
+ ver mais

distribuídos de forma regular: Por vezes, fazem-se vários aumentos/diminuições que devem ser distribuídos de forma homogénea numa carreira, o que significa que deverá haver aproximadamente o mesmo número de malhas entre cada aumento/diminuição.
+ ver mais

dobra: Quando se dobra uma carreira da orla para dentro para que fique pelo avesso.
+ ver mais

dominó: O dominó não só é um motivo como uma técnica de tricô para formar uma peça feita de peças mais pequenas, tais como pequenos quadrados, tal como no jogo do dominó.
+ ver mais

⬆ para cima

E

em espelho: Quando se fazem as 2 frentes, uma deve ser a versão espelhada (em sentido contrário) da outra.
+ ver mais

encaixe: A parte de cima de um pulôver/casaco que inclui tanto a frente como as costas e as mangas.
+ ver mais

⬆ para cima

F

fenda: Uma fenda é uma pequena abertura em cada lado de uma blusa ou num decote.
+ ver mais

forma em A: Uma peça com forma em A é uma peça que cuja forma é semelhante à letra A: ou seja, é mais esteita na parte de cima e começa a alargar gradualmente a partir do peito até às ancas.
+ ver mais

⬆ para cima

G

gola xaile: A gola xaile é uma gola que sobe a direito ao longo do pescoço, o que significa que, muitas vezes, a gola fica em pé na nuca.
+ ver mais

grupo de fios: Todos os fios DROPS são classificados em 6 diferentes grupos pela sua espessura (A a F). Os fios de um mesmo grupo têm uma tensão de tricô semelhante e, por conseguinte, podem ser trocados pelos fios do mesmo grupo para se fazer um modelo; contudo, a metragem pode ser diferente e, por isso, quando substituir, calcule sempre a quantidade de metros necessária para o modelo a fim de saber a quantidade de novelos de que irá precisar.
+ ver mais

⬆ para cima

I

incluido: incluido é definido como fazendo parte de
+ ver mais

⬆ para cima

L

laçada: Pode fazer uma malha extra ao fazer uma laçada. Põe a agulha direita por cima do fioo para formar uma malha adicional na agulha direita antes de tricotar a malha seguinte.
+ ver mais

levantar malhas: Quando, por exemplo, se trabalha a gola de um pulôver ou as orlas da frente de um casaco, pode-se apanhar malhsa ao logo dos rebordos dos lados da peça.
+ ver mais

⬆ para cima

M

malha caída: Uma malha caída tem dois significados diferentes. Por um lado, pode ser uma malha que caiu da agulha e que temos de apanhar. Ou uma malha caída ou alongada que se cria ao fazer uma laçada e depois deixar cair a laçada na carreira seguinte.
+ ver mais

malha liga: Uma malha liga é uma técnica em que a malha tem a forma de uma pequena pérola.
+ ver mais

malha meia: 1 malha meia
+ ver mais

malha ourela: Uma malha ourela pode consistir numa ou mais das malhas exteriores de cada lado de uma carreiras, geralmente tricotadas de forma diferente das restantes malhas.
+ ver mais

marcador: Os marcadores podem ser usados para marcar várias coisas no seu trabalho, tal como o princípio da carreira, os lados da peça, a transição entre as mangas e as costas/frente/encaixe. Um marcador pode também ser usado para marcar um determinado ponto do seu trabalho, tal como onde deverá passar a medir.
+ ver mais

medida de peito: A medida do peito é o número de cm que se tem à volta do peito. Nos modelos DROPS, pode encontrar as medidas finais da peça para o peito no fim das explicações. Para saber qual a medida que corresponde à sua medida de peito precisa de multiplicar a largura da peça no peito vezes 2.
+ ver mais

medidas: A maioria dos modelos DROPS inclui um esquema no fim de cada modelo, com as indicações das medidas da peça para todos os tamanhos.
+ ver mais

meia: Tricotar a malha em meia (ao contrário de tricotar a malhe em liga).
+ ver mais

meio ponto alto, mpa: Um meio ponto alto é um ponto de croché com 1 laçada e, depois, passa-se essa laçada por todas as argolas que estão na agulha de croché, o que faz que este ponto seja um pouco mais curto do que os outros pontos de croché. Todos os pontos dão texturas únicas ao trabalho.
+ ver mais

micron: Um micron (micrómetro) é a medida usada para definir o diâmetro de uma fibra em lã. Os fios finos tem menos microns. O diâmetro da fibra é a característica mais importante da lã quando se determina o seu valor e qualidade.
+ ver mais

moebius: Moebius foi um matemático alemão do início do século XIX. Esta técnica é baseada num círculo torcido de forma mágica, que Moebius desenvolveu.
+ ver mais

mohair (fibra): O mohair provém das cabras Angorá e é considerado uma fibra de luxo por ser tão quente como a lã mas muito mais leve. O mohair é também durável, tinge bem e não feltra facilmente e tem, também, um brilho característico devido à forma como as fibras reflectem a luz. Apesar de ser uma fibra áspera, o mohair geralmente é fiado até se tornar um fio fofo, que reulta em peças leves e arejadas.
+ ver mais

montagem: Quando se faz a montagem, unem-se duas ou mais peças, costurando, tricotando ou crochetando as peças juntamente.
+ ver mais

montar malhas: Montar malhas significa fazer malhas novas para que possam ser tricotadas.
+ ver mais

⬆ para cima

N

no total: O total. Por exemplo, o número total de vezes que se repete um aumento, incluíndo a primeira vez - quando se explica o aumento.
+ ver mais

número de carreiras / de voltas: Um diagrama tricota-se em altura num determinado número de carreiras.
+ ver mais

número irregular: Um número irregular de malhas ou carreiras é um número que não se pode dividir por 2 e dar conta certa.
+ ver mais

⬆ para cima

O

orla: Uma orla é uma parte de um ponto que decora um modelo tal, como por exemplo, uma faixa para a cintura ou o rebordo de um chapéu.
+ ver mais

orlas da frente: As orlas da frente são as malhas que estão mais próximas da abertura na frente de um casaco - onde se fazem as casas e se pregam os botões. As orlas geralmente tricotam-se de forma diferente do resto do casaco (em ponto jarreteira, em canelado,etc etc).
+ ver mais

⬆ para cima

P

passar a malha deslizada por cima da malha tricotada: Quando se diminui ou arremata muitas vezes indicam-lhe que passe uma malha e, depois, passe-a novamente por cima de outra malha - ou seja, passando-a para a agulha direita e, depois, passando-a por cima da malha ou malhas que acabou de tricotar.
+ ver mais

peça em diagonal: Uma técnica de tricô em que se aumenta de um lado e se diminui do outro para criar um efeito em diagonal.
+ ver mais

poliamida (fibra): A poliamida, mais conhecida como nylon, é muito resistente, durável, leve, de fácil manutenção (pode ser lavada ou secada na máquina), e flexível, o que a torna perfeita para combinar com outras fibras para produzir fios resistentes tais como os fios para meias.
+ ver mais

ponto alto, pa: Um ponto alto é um ponto de croché com 1 laçada, tornando-o mais alto do que os outros pontos. Todos os pontos de croché têm criam texturas únicas no trabalho.
+ ver mais

ponto alto duplo, pad: O ponto alto duplo é um ponto de croché com 2 laçadas, o que o torna mais alto do que os outros pontos. Todos os pontos de croché dão texturas características ao trabalho
+ ver mais

ponto alto triplo, pat: Um ponto alto triplo é um ponto de croché com 3 laçadas, tornando-o mais alto do que os outros pontos. Todos os pontos de croché formam estruturas únicas numa peça.
+ ver mais

ponto baixíssimo, pbx: um ponto baixíssimo é um ponto de croché que é quase invisível. Pode ser usado para se passar para uma parte diferente em redondo, para unir uma carreira ou para unir peças, umas às outras.
+ ver mais

ponto baixo, pb: O ponto baixo é um ponto de croché sem laçadas, tornando-o mais curto do que os outros pontos. Todos os pontos de croché dão texturas específicas ao trabalho.
+ ver mais

ponto corrente, pc: Um ponto corrente é um ponto pequeno, redondo em croché que pode ser usado para fazer aros entre pontos. É muitas vezes usado no princípio das carreiras para se obter a altura correcta e igual ao primeiro ponto.
+ ver mais

ponto de alinhavo: Um ponto de costura que pode ser feito numa peça tricotada
+ ver mais

ponto de arroz: O ponto de arroz é uma técnica em que se tricota em meia e em liga malha sim, malha não e, na carreira seguinte, tricota-se em liga as malhas meia e em meia as malhas ligas.
+ ver mais

ponto de cestaria: O ponto de cestaria é uma técnica que forma um ponto de quadrados e pode ser feito em tricô ou em croché.
+ ver mais

ponto fantasia: Ao trabalhar com várias cores ou com diferentes tipos de pontos, pode-se criar vários pontos fantasia.
+ ver mais

ponto jarreteira: Ponto composto por 1 carreira em meia e 1 carreira liga - visto pelo direito. Quando se tricota em idas e voltas: tricotar as 2 carreiras em meia . Quando se tricota em redondo: tricotar 1 carreira em meia, 1 carreira em liga.
+ ver mais

ponto meia: O ponto meia é feito quando se tricota em meia no direito da peça e se tricota em liga no avesso. Quando se tricota em redondo todas as malhas são tricotadas em meia.
+ ver mais

ponto meia em redondo: O ponto meia é tricotado em cada carreira quando se tricota em redondo nas agulhas circulares/ agulhas de pontas duplas.
+ ver mais

ponto pipoca: O ponto pipoca é uma técnica que fá à peça uma textura irregular com pequenos relevos, semelhantes a pipocas.
+ ver mais

ponto rendado: Um ponto rendado é um ponto com buracos que, geralmente, é tricotado seguindo um diagrama ou as instruções escritas do modelo.
+ ver mais

prega: Uma prega é uma pequena dobra que ajuda a dar forma a uma peça.
+ ver mais

⬆ para cima

Q

quadrado: Um quadrado pode ser feito em idas e voltas, em redondo ou na diagonal. Temos muitas sugestões para lhe dar.
+ ver mais

quadrado granny: Um quadrado granny é um padrão clássico de croché que é feito ao trabalhar-se a partir do meio em carreiras em direcção aos lados.
+ ver mais

⬆ para cima

R

raglan: As peças raglan têm mangas que continuam numa só peça até ao decote da peça. A transição entre as mangas e o encaixe segue em diagonal a partir da parte de baixo do braço até ao decote, dando uma forma adequada à peça que lhe assegura que haverá pouca folga por baixo dos braços.
+ ver mais

repetição: A repetição de um determinado ponto indica onde começa e acaba essa repetição - ou seja, um diagrama ou parte de um diagrama enquadrado. O número de repetições indica quantas vezes o mesmo ponto é repetido na carreira ou volta.
+ ver mais

repetir de * a *: Repetir a parte que está entre as duas estrelas.
+ ver mais

⬆ para cima

S

saltar um ponto: Quando se salta um ponto num diagrama, o ponto não é feito
+ ver mais

seda (fibra): A seda é uma fibra fina produzida a partir do casulto feito da crisálida do bicho da seda. Apesar do bicho da seda ser criado em culturas, a seda selvagem ou tussah é obtida a partir de bichos da seda que não são criados em culturas. A seda é uma das fibras naturais mais resistentes e produz fios maravilhosos de tricot. Combina na perfeição com outras fibras, em particular, com a lã. A seda também se tinge de forma fabulosa com pigmentos naturais.
+ ver mais

sentido inverso: Quando se fazem as duas frentes de um casaco, tem de fazer as diminuições para a cava no lado oposto ao lado em que as fez na outra frente.
+ ver mais

steek: Quando se tricota uma peça em redond sem interrupções para aberturas ou para as cavas até ao fim - então, acrescentam-se malhas para se cortar a peça mais tarde. Esta técnica pode ser usada para fazer as carcelas dos casacos, as cavas das mangas ou as golas.
+ ver mais

superwash: Um fio superwash é um fio especial que foi tratado ou processado de uma forma a permitir que seja lavavél na máquina. Muitas pessoas têm medo de trabalhar com lã por encolher facilmente (muito embora algumas encolham a lã propositadamente) e a lã superwash pode permitir-lhes que trabalhem com excelentes fibras sem se preocuparem. (Ler mais acerca deste assunto aqui).
+ ver mais

⬆ para cima

T

tamanho único: Se uma peça só tem um tamanho.
+ ver mais

tensão: A tensão em tricô descreve quantas malhas deve ter em 10 cm de altura por 10 cm de largura. É importante ter a mesma tensão da indicada nas instruções do modelo para obter as mesmas medidas indicadas no esquema do modelo. Se tiver malhas a mais em 10 cm, mude para uma agulha mais grossa. Se tiver malhas a menos em 10 cm, mude para uma agulha mais fina.
+ ver mais

top down: Quando se trabalha em top down (de cima para baixo) numa peça, é mais fácil ajustar o seu comprimento, em particular, do encaixe, dos braços e do corpo. Também é mais fácil experimentar a peça enquanto a faz.
+ ver mais

torcido: Um torcido é uma técnica que forma um ponto com a forma de uma trança.
+ ver mais

tricotar a carreira de volta: Virar a peça e tricotar a carreira de volya. Usado quando se tricota em idas e voltas ou quando se tricotam carreiras encurtadas.
+ ver mais

tricotar em redondo: Tricota-se em redondo ou usando várias agulhas de pontas duplas ou agulhas circulares. Tricota-se sempre na mesma direcção, não se vira a peça nem se tricota pelo avesso. Por conseguinte, tricota-se sempre pelo direito da peça.
+ ver mais

⬆ para cima